Categorias
Raças

Raça da semana: O Pug, um cão muito fofo e de temperamento incrível!!!

Alguma dúvida que os pugs são os cachorros mais adoráveis da terra? Entre as não poucas raças de cães de companhia que merecem grande estima no meio da cinofilia, está este diferente e charmoso cão miniatura. O próprio nome da raça já indica o seu tamanho – Pug ou “Pug-Dog”, como foi apelidado na Inglaterra, significa “coisa diminuta”, ou “cachorro diminuto”. À primeira vista, há quem pense que ele é um parente próximo do Buldogue Francês, Mastiff ou até mesmo mini-Bullmastiffs ou o irmão baixinho do Boxer, mas a realidade é que seu primo mais próximo é o também chinês Pequinês.

cachorro_pug
Há séculos, esse lindo cãozinho que veio da China, onde sua efígie figura sobre antigas porcelanas, encanta por seu biótipo troncudinho, seus grandes olhos redondos, escuros, expressivos e cheios da vida, marcas registradas que conhecemos bem. Seu focinho achatado que também lhe valeu o nome “Pug” (do inglês pug nose, “nariz achatado”), mascarado de preto, seu temperamento agradável e o famoso rabinho enrolado cativa qualquer um que lhe dê uma chance.

Pug_Fotos_1
O Pug é um cão muito dócil e fiel ao dono, daqueles que se tornam, literalmente, um companheiro incrível para todas as horas. Chega a fazer o estilo grude. É capaz de seguir o dono pela casa inteira, de esperá-lo na porta do banheiro e dormir nos seus pés. Volta e meia, se manifesta com pulinhos para ganhar um colo ou cafuné. Com um olhar apaixonante, têm a capacidade de fazer seus donos acreditarem que não são cães, e sim pequenas pessoas.

pug3-1024x682
Os cães da raça Pug foram selecionados, ainda durante a dinastia Shang, para servir de companhia aos imperadores e, desde então, vem exercendo esse papel muito bem. Por ser um acompanhante nato, ele se adapta facilmente as mudanças de ambiente e convive muito bem com pessoas estranhas, idosos, crianças e outros animais. Com seu jeitinho todo especial de ser, não poderia faltar uma peculiaridade da raça. O latido deste cãozinho é bem interessante e diferente. Quando late parece estar roncando com pequenos intervalos de grunhidos. Para quem não conhece esta raça, pode pensar que o cão está engasgando. Além de toda a fofura, seus pequeninos cérebros até que apresentaram uma performance regular nas avaliações de especialistas. Eles ocupam a 53ª posição no ranking de inteligência canina.

pug3
Os pugs são cães maravilhosos, mas que precisam de cuidados específicos, já que apresentam risco de hipertemia (não se dão bem com temperaturas altas), possuem olhos sensíveis por serem saltados, têm pouca resistência física, precisam de cuidados especiais com a pele, soltam bastante pelo, têm tendência a engordar e roncam bastante, como era de se esperar.
O Pug sempre foi tido como animal de estimação da nobreza e alta sociedade, sua trajetória remonta os episódios com Napoleão Bonaparte, Maria Antonieta, o Príncipe de Orange Willian the Silent e mais recentemente com o Duque de Windsor. A popularidade do Pug foi instantânea, sobretudo porque salvou a vida do príncipe William II, monarca holandês, quando o alertou para o perigo, ladrando para um soldado espanhol com ordens para o matar. O Pug tornou-se o cão oficial da corte, e o túmulo do Rei William II exibe, além dele, seu querido cão de estimação. A partir deste momento, a popularidade do Pug não parou de crescer na Europa. Favorito da realeza, o Pug teve ainda tempo de conquistar os artistas. Goya, pintor espanhol, representou inúmeras vezes este pequeno cão. Ganhou notoriedade ao aparecer no filme Homens de Preto, em 1997, com Will Smith.

pug-5-Copy

Pug e famosos
Difícil resistir ao encantamento produzido pelo Pug. É grande a lista de famosos que se renderam ao charme desses cachorrinhos de cara amassada, como os apresentadores Rafinha Bastos, Xuxa e Eliana, além da atriz Grazi Massafera e – tendo sido, ainda, o pet escolhido por nomes já finados, como o grande escritor Jorge Amado e o estilista Clodovil. Internacionalmente, o Pug também faz sucesso e é o bichinho de estimação escolhido por grandes nomes do cinema e da moda norte-americanos, incluindo as atrizes Jessica Alba e Tory Spelling, a socialite Paris Hilton, a apresentadora Kelly Osbourne, o ator Gerard Butler e até o estilista Valentino Garavani – que costuma levar seus cinco cães Pug por onde quer que vá; inclusive nas suas viagens de jatinho pelo mundo.

Cachorro-Pug-4

Curiosidades

  • O Pug é uma das raças de cachorros mais antigas do mundo, relatos datam por volta de 400 anos antes de Cristo.
  • Uma das muitas lendas envolvendo os Pugs conta que os Pugs eram a ‘pedra no sapato’ de Napoleão Bonaparte. Isso porque sua esposa, Josefina, tinha um Pug de quem não se separava nunca e ele, por sua vez, não simpatizava nem um pouco com o imperador, a quem impediu mais de uma vez de entrar no quarto de sua dona.
  • Pugs eram adotados pelos nobres de vários países como símbolo de riqueza e ostentação.
  • Os cães da raça Pug possuem diferentes nomes em alguns países como Alemanha, em que são chamados de Mops, França, em que receberam o nome de Carlin, Itália, em que foram nomeados como Carlino e Inglaterra, onde são conhecidos como Pug-Dogs. Na China Antiga, os pugs eram chamados de ba guo, que significa “o cão que ronca”.

 

Ficha Canina
Raça: Pug
Origem: China
Porte: Pequeno
Grupo: Toys cães de companhia
Finalidade: Cães de companhia
Posição no ranking de inteligência: 53º
Expectativa de vida: De 13 a 15 anos
Características do Pug: Gentil e afetuoso. Adaptável a ambientes diversos e pessoas diferentes, muito inteligente e leal.
Cachorro para apartamento: Sim
Cachorro para casa: Sim
Preço médio de mercado: De 1.800,00 a 4.000,00
Pontos fortes: Muito carinhosos, inteligentes e brincalhões; são pequenos e silenciosos, latem pouco; não precisam de muita atividade física; aceitam outros animais de estimação; adoram colo e gostam de crianças e idosos.
Pontos fracos: não se dão bem com temperaturas muito elevadas; seus olhos são sensíveis; custam caro; tem pouca resistência física e precisam de cuidados especiais com a pele.

2 respostas em “Raça da semana: O Pug, um cão muito fofo e de temperamento incrível!!!”

Minha Kira (pug) nos deixou hoje com apenas 4 aninhos. Era muito companheira, nao saia de perto de mim, dócil, um amor de animal. Passeava sem guia.
A três dias percebemos uma mancha na sua barriguinha, como se fosse uma pinta grande, então o veterinário orientou retirar e fazer biópsia. Operou ontem e estava bem, mas na madrugada faleceu por parada cardiorrespiratória. Muito triste. Minha família está arrasada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.