close

Pets

AdoçãoCãesDestaquesEventosGatosPets

Adoção neste sábado, dia 18

WhatsApp Image 2021-09-15 at 10.48.28

Dia 18 de setembro teremos Feirinha de Adoção na Terra Zoo do São Luís Shopping! 🐶🐱

Cães e gatos ❤️🐕🐈
SRD – sem raça definida.

•Para adotar um pet:
1. Você precisa ser maior de idade;
2. Ter em mãos documento de identificação e comprovante de residência;
3. Precisa passar por uma entrevista com a ong, visando avaliar questões como o perfil do adotante (e sua família), a rotina da casa, histórico com outros animais e a segurança.

Ongs parceiras em São Luís: @amadasaoluis @caesegatosderuaslz @amepetsslz

⚠️ Importante:
Os cães e gatos vão pra casa vermifugados, com a primeira dose da vacina e com microchip de identificação gratuitos*. E mais… você pode COMPRAR O ENXOVAL do seu novo pet com 10% de DESCONTO no dia da adoção, na loja do São Luís Shopping. 🛒🛍😍

*após a adoção, a responsabilidade de manter a carteirinha de vacinação atualizada passa a ser do adotante.

😷 Observação: Seguimos todos os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias com a utilização obrigatória de máscara e distanciamento seguro entre as pessoas, evitando aglomeração.

Feirinha de Adoção
Dia 18 de setembro, a partir das 10h
São Luís Shopping

Adote! 🐶🐱
#terrazoo #feiradeadoção #adoção #adoteumpet

COMPARTILHEM!!! 💚

Terra Zoo, faz parte da natureza, faz parte da sua família!

Leia mais
DestaquesGatosPets

Mitos e verdades sobre felinos

WhatsApp Image 2019-11-18 at 15.48.10 (1)

Não é verdade que só os filhotes se adaptam a nova família. Se você der uma chance a um gato adulto, verá que ele se acostuma rapidamente com um novo ambiente e novas pessoas. Sem contar que a tendência é ser mais tranquilo, obediente e independente do que um filhote.

Bebês e gatos

Deixe o seu se acostumar com o cheiro da criança, pegando-o no colo várias vezes por dia. Também vale comprar CDs de músicas para felinos ou new age, que influenciam os batimentos cardíacos e os movimentos respiratórios, ajudando a relaxar. Outra estratégia para suavizar a entrada de mais um habitante na sua casa é pulverizar o feromônio no ambiente porque o produto acalma o ânimo dos felinos.

Se chega um amigo novo…

Nenhum gato morre de amores por outro instantaneamente. Antes de fazer as apresentações, ajeite o novato em um cômodo separado e espere ele se acostumar com a mudança de casa. Quando a ansiedade baixar, troque paninhos com o cheiro dele e do veterano. Em um segundo momento, permita que os dois gatos se vejam pela janela ou por uma frestinha da porta. Enquanto eles demonstrarem resistência, não vale a pena tentar juntá-los. Para conter possíveis arranca-rabos, tenha á mão um borrifador de água ou uma latinha com moedas barulhentas.

Mas se a presença do intruso estiver associada a coisas boas, as chances de sucesso da empreitada aumentarão. Por isso, distribua guloseimas, brinquedos e carinhos sempre que rolar o cara a cara. E evite fazer diferenciações que provoquem alterações de comportamento em um dos lados.

Intuição felina

Você sabia que alguns animais descobrem a gravidez das donas antes delas? Isso ocorre porque a mudança dos hormônios femininos provoca uma alteração no cheiro da futura mamãe. E eles reagem a essa mudança.

Sobre ração…

Proteínas

A presença de proteína de origem animal, rica em aminoácidos essenciais é muito importante para os gatos. Se o teor proteico da ração é baixo, ele fica menos palatável, obrigando o fabricante a adicionar quantidades maiores de sal e aromatizantes artificiais. Essas proteínas aparecem descritas na embalagem como farinha de carne, farinha de frango, farinha de subprodutos de frango ou farinha de carne de aves. As rações de gatos de qualidade também devem trazer taurina, um aminoácido. A deficiência de taurina pode resultar em problemas cardíacos e degeneração da retina, culminando em cegueira.

Gorduras

Elas são fontes de energia e absolutamente necessárias para a absorção das vitaminas A, D, E e K. Elas também ajudam na informação de alguns hormônios, além de conter dois ácidos graxos fundamentais para o organismo dos felinos: o linoleico e o araquidônico. Óleos de origem animal, como os de aves e peixes, indicam que a ração possui ácidos graxos do tipo ômega.

Minerais e vitaminas

Estes estão presentes em todas as linhas de ração, ás vezes sob o nome de premix vitamínico-mineral.

Cuidado!!!

Ração barata contém corante e excesso de sal, que podem provocar doenças urinárias. Além disso, elas fazem com que o bicho coma mais porque os nutrientes são menos aproveitados pelo organismo, produzindo um volume maior de fezes. Quem economiza no petshop gasta mais com veterinário.

Leia mais
CãesDestaquesPets

Formas de lidar com cães que empacam no passeio

unnamed

É sempre muito importante que o pet se sinta seguro e confiante ao lado do tutor. Ajuda se o tutor carregar consigo, durante os passeios, uma porção de petisco ou um brinquedo que o animal goste. Quando o pet empacar, abaixe-se e o chame com uma voz suave ou alegre. Sempre respeite os limites do seu animal de estimação. Jamais arraste seu cão! Essa atitude pode machucá-lo ou traumatizá-lo, principalmente se o motivo da parada for medo.

Adapte o tempo do passeio: inicie o passeio com caminhadas de menor duração e em horários em que o clima esteja ameno. Aumente o tempo do passeio de forma gradual, até entender qual é o tempo ideal de atividade para o cão, pois a caminhada do pet deve ser uma atividade física consistente, agradável e positiva, sem deixá-lo exausto.

Avalie o ambiente: Veja se há ruído excessivo e incômodo no local em que vocês forem passear, pois isso pode assustar o seu cão e fazer com que ele associe o momento com algo desconfortável.

Carregue brinquedos: Se o seu cão é do tipo brincalhão, torne o passeio legal e divertido: leve brinquedos e vá fazendo pequenas pausas interagindo com ele com uma bolinha, por exemplo, ou outro brinquedo da preferência dele.

Ofereça petiscos: Durante o passeio, ofereça um petisco, faça um carinho e elogie o cão enquanto ele estiver andando, o estimulando a seguir você.

Nunca dê broncas: Se o cão empacar, evite pegá-lo no colo, com exceção, é claro, se ele estiver correndo algum risco.

Permaneça tranquilo: Não tem como ensinar o seu cão a relaxar durante o passeio se você estiver agitado, nervoso e tensionando a guia. Quanto mais tranquilo você estiver, mais relaxado o seu cão estará, então, treine o passeio dentro de casa desde cedo para você também aprender a agir com tranquilidade, liderança e mostrando para que está tudo bem.

Respeite o ritmo do animal: O passeio do cão é um momento dele! Não há necessidade de imprimir ritmo e velocidade na caminhada. Não há necessidade de fazer seu pet se cansar! Permita que ele cheire tudo – aliás, essa é uma ótima maneira de promover estímulo mental.

Busque um adestrador: O adestramento, nesses casos, é essencial, pois ajuda o tutor a identificar os limites e também a entender por qual razão o cão empaca, pois cada caso é um caso. Além disso, o adestramento auxiliará o tutor a desenvolver uma comunicação mais clara e efetiva com seu animal, aumentando o grau de confiança entre ambos, tornando o relacionamento deles ainda melhor e, consequentemente, fazendo com que o passeio seja relaxante e prazeroso para os dois.

Leia mais
AdoçãoCãesDestaquesEventosGatos

Feirinha de adoção em Imperatriz

WhatsApp Image 2021-09-01 at 12.12.25

Dia 04 de setembro tem Feirinha de Adoção na Terra Zoo de Imperatriz! 🐶🐱 @g.p.a.i

Cães e gatos ❤️🐕🐈
SRD – sem raça definida.

•Para adotar um pet:
1. Você precisa ser maior de idade;
2. Ter em mãos documento de identificação e comprovante de residência;
3. Precisa passar por uma entrevista com a ong, visando avaliar questões como o perfil do adotante (e sua família), a rotina da casa, histórico com outros animais e a segurança.

Ong parceira: @g.p.a.i

⚠️ Importante:
Os cães e gatos vão pra casa vermifugados, com a primeira dose da vacina e com microchip de identificação gratuitos*. E mais… você pode COMPRAR O ENXOVAL do seu novo pet com 10% de DESCONTO no dia da adoção, na loja. 🛒🛍😍

*após a adoção, a responsabilidade de manter a carteirinha de vacinação atualizada passa a ser do adotante.

😷 Observação: Seguimos todos os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias com a utilização obrigatória de máscara e distanciamento seguro entre as pessoas, evitando aglomeração.

Feirinha de Adoção
IMPERATRIZ – MA
Dia 04 de setembro, das 10h às 18h.

Adote! 🐶🐱
#terrazoo #feiradeadoção #adoção #adoteumpet

COMPARTILHEM!!! 💚

Terra Zoo, faz parte da natureza, faz parte da sua família!

Leia mais
CãesDestaquesEventosRaças

Curso Prático de Handler

WhatsApp Image 2021-09-01 at 15.47.57

Para você, criador de cães de raça, que quer participar de exposição de cães, essa é a hora de especializar!

Curso Prático de Handler, ministrado por Nordman Wall, criador, médico veterinário e professor da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA.

Aos sábados, de 04/09 a 12/11, a partir das 16h, na Terra Zoo Quixaba.

Aulas práticas de como conduzir seu cão nas apresentações em exposições de cães, postura, trote, parada, realçando pontos positivos no cão de acordo com cada raça.

Vagas limitadas!

Inscrições pelo WhatsApp (98) 98829 9681.

Valor da inscrição: R$ 50,00 (valor será revertido para ongs de proteção de animais)

Realização: MAKC – Maranhão Kennel Clube

Apoio: Terra Zoo

Leia mais
CãesDestaques

As vantagens do adestramento de cães

adestramento

 

Existem vários motivos que podem levar um tutor a querer adestrar seu pet, como a agressividade, compulsão, fazer necessidades fora do lugar, puxões no passeio, medo, fobias, ansiedade de separação, gravidez psicológica, entre outros.

Falando de mau comportamento, o maior erro do tutor, é deixar a situação se agravar até ao extremo ou até o ponto em que ele perca a paciência. Se isso acontecer, é sinal de que a convivência com o animal não é tão harmoniosa quanto deveria ser. E é nessa hora que há um grande desgaste na relação, o que muitas vezes até motiva os tutores a abandonarem seus pets.

Então, se você tem um animal de estimação com comportamento indesejável, não deixe para depois, pois seu melhor amigo pode estar precisando de ajuda agora. Chamar um especialista é muito importante para manter a relação firme e forte com o pet. Aliás, é sempre bom realizar esse trabalho em conjunto com um veterinário, pois, muitas vezes, o problema é clinico.

Um dos erros comuns é quando alguns tutores pensam que podem resolver os problemas comportamentais de seus cães sozinhos, o que é uma grande ilusão. Por trás de todo adestrador sério existe muito estudo e dedicação, fora a própria experiência do profissional. Vamos supor que você tenha acabado de adotar um amigão adulto. O procedimento é o mesmo de um filhote: ao longo dos dias, a timidez vai embora e seu novo amigo mostrará quem realmente é. Proporcionar um ambiente saudável e com suporte de adaptação sem estresse é muito importante.

Quando devo iniciar o adestramento do cão?

Comece a treinar seu cão na hora certa e tenha um pet muito mais equilibrado.

Como é bom ter filhote em casa! Com aquela carinha de bebe e disposição de sobra, eles fazem a alegria de seus tutores. Mas junto de tudo isso vêm as bagunças e os hábitos ruins. Então, precisamos estar preparados para que a convivência dentro e fora de casa não se torne algo desagradável.

Tanto faz se são cães de raça ou SRDs (sem raça definida), o importante é começar o adestramento logo cedo. Aos 50 dias de vida, os animais têm uma capacidade incrível de aprendizado e condicionamento. Ou seja, nesse período os cães estão em fase de aprendizado, e quanto mais exemplos legais e comportamentos corretos ele tiver contato, melhor poderá ser seu comportamento no futuro.

E depois de adulto?

Adestrar mais tarde pode ser difícil, pois temos que extinguir comportamentos que já estão fixos e trocá-los por outros. Mas é perfeitamente possível ensinar um pet mais velho, ainda que demore um pouco mais para ele aprender.

Quanto antes você chamar um adestrador, mais fácil será reverter qualquer situação que esteja te desagradando. Ao longo da vida, os cães vão aprendendo coisas novas e muito desses comportamentos são indesejáveis, logo, adestrar um cão em qualquer fase da vida é muito importante.

Os treinamentos são fundamentais para também enriquecer o dia do peludo de estimação, gastar sua energia acumulada e treinar seu cérebro com atividades novas.

Regras Gerais

  • Paciência: É preciso ter muita paciência para que os cães possam entender cada expressão.
  • Tenha calma: Cada um tem o seu tempo de aprendizagem.
  • Diversão: Aprender, para eles, tem que ser algo prazeroso, pois assim vão repetir o comportamento mais vezes.
  • Seja carinhoso: Demonstre orgulho a cada etapa. Um cachorro adora trabalhar para seu líder. Demonstrar satisfação nas horas certas, com certeza trará mais resultado nos treinos.
  • Respeite limites: Não ultrapasse os limites do seu animalzinho. Sessões longas e chatas podem fazer com que seu pet perca o interesse no treino.

Treino de adestramento com mais de um cão: como fazer?

Pode até parecer complicado, mas algumas técnicas simples deixam tudo mais fácil.

A missão de adestrar dois ou mais cães que residem na mesma casa pode parecer uma tarefa impossível. No entanto, mesmo com todos os entraves considerados difíceis de superar, é perfeitamente possível que todos aprendam juntos. A primeira coisa é não ter pressa. Cada cão tem seu temperamento individual e aptidão específica para assimilar os treinos. Portanto, é importante respeitar a característica de cada um durante o adestramento.

O ideal é começar com sessões individuais para cada pet, para que eles possam se concentrar e evoluir cada um ao seu tempo. Alguns cães podem aprender vários comandos em uma única sessão, enquanto outros não conseguem manter o foco por muito tempo e precisam de mais tempo. Então, antes de reunir a “turma” toda para as sessões de adestramento, uma dica é ensinar primeiro o “senta” e o “fica”.

Hora de ensinar a tropa reunida

Quando os cães já estiverem respondendo a alguns comandos e se mostrarem motivados, é hora de começar a reuni-los nos treinos. Lembre-se que cada cão pode preferir um tipo de recompensa diferente. É preciso conhecer cada um deles e descobrir o que os motiva para os treinos de adestramento.

Enquanto você ensina truques novos para um, peça para o outro sentar e ficar. Para finalizar, basta falar “muito bom” e recompensar a cada um que tiver esperando.

Pode ser que no começo os seus pets briguem, mas eles vão acabar se dando bem.

Treino de adestramento com vários cães é uma maneira de ensiná-los a manter o autocontrole, já que precisarão esperar até que a sessão com outro pet termine para que possam receber sua recompensa. Da mesma forma, treinar os cachorros da mesma casa juntos também é uma maneira eficiente de promover associações positivas entre eles.

Adestramento melhora o convívio com cães de grande porte

Fica muito mais fácil de conviver com cães de grande porte, quando eles são educados. É, portanto, importante começar a ensinar o seu cão desde cedo. Antes de tudo, devemos entender que temos que criar um relacionamento de confiança e respeito com o cão. Para isso, temos que ser justos na forma como tratamos, pois o aprendizado depende de um ambiente tranquilo e saudável. Ser justo com o cão é não exigir aquilo que ele ainda não aprendeu. Outro ponto importante a que devemos estar atentos é a saúde dele. Problemas podem alterar fortemente o comportamento dos cães. Falta de apetite, alergias, fezes com aparência ou odor anormais ou ingestão de água em excesso são exemplos de sinais que podem ser indicativos de doenças.

As recompensas na educação dos cães funcionam como combustível poderoso para mantê-los motivados a fazer qualquer coisa que resulte em sua obtenção. Elas podem ser a ração do dia, um petisco, um brinquedo, um passeio ou simplesmente um carinho. Usaremos essa motivação para obter recompensas para que os cães façam o que queremos, ou ainda, para que deixem de fazer aquilo que julgamos inadequado. Isso aplica a qualquer porte de cão, e o tempo e a qualidade de recompensas dependerão da motivação individual de cada um.

Limites e correções

Os treinadores apontam que este é certamente o ponto mais controverso no treinamento de cães. Limites e correções são necessários, principalmente, quando falamos que cães de grande porte e raças de guarda como Rottweiler, Pastor Alemão, Dobermann, entre outros. Assim as correções físicas utilizando a guia ou mesmo as mãos com o objetivo de interromper algo indesejado são importantes e a força usada deve ser proporcional. No entanto, maus tratos são totalmente condenáveis, sendo considerados crime, além de abalar a confiança do cão e deixá-lo inseguro.

Entenda a diferença entre correção e obediência no adestramento

O adestramento, qualquer que seja o objetivo, é uma forma de tornar a comunicação entre donos e animais mais assertiva e eficaz. Com as aulas e os treinos, o pet aprende limites e as condutas que são esperadas dele. O dono também compreende como deve expressar as suas vontades e como as suas condutas podem influenciar nos comportamentos que o animal adota.

O primeiro passo para estreitar esse relacionamento é ensinar alguns comandos. “Senta”, “deita”, “fica”, “vem”, entre outros, serão muito úteis no dia a dia para que fique claro o que cada um quer ou deve fazer. Recomenda-se começar pelos comandos mais simples e ir evoluindo. Ao levar o pet ao veterinário, por exemplo, pedir para o cão se deitar e “fingir de morto” pode ser interessante para que ele seja examinado. Durante o passeio, um “senta” pode fazer o animal aguardar para atravessar a rua.

Na hora da correção

Além das atividades rotineiras, os comandos também são fundamentais para a correção e modificação de problemas comportamentais, uma vez que ajudam a estabelecer limites e permitem que o pet saiba o que se espera dele. Por exemplo, quando se tem um cão muito eufórico para passear, uma dica é dar umas voltas pela casa e, quando ele estiver mais calmo, se dirigir a porta e pedir que se sente e aguarde o seu comando para sair para a caminhada. A tendência é que já saia mais tranquilo.

Fazer isso com um cachorro que não sabe sentar ou ficar é impossível e o deixará muito mais ansioso, pois ele não entende o que está acontecendo!

Apesar de os comandos serem mais diretos do que os treinos de correção, eles fazem parte do planejamento do adestrador. Por isso, o mais importante é identificar o que está motivando a conduta inadequada e traçar estratégia de acordo com a personalidade do bicho e o ambiente onde ele vive.

É muito legal fazer comandos, porque os cães acabam respeitando mais e ficando mais educados!

Leia mais
AdoçãoCãesDestaquesEventosGatos

Feirinha de adoção e filme com seu pet no Cinesystem!

WhatsApp Image 2021-08-19 at 15.14.22

No dia 21 de agosto teremos Feirinha de Adoção em frente ao Cinesystem do Rio Anil Shopping! 🐶🐱 @rioanil

Cães e gatos ❤️🐕🐈
SRD – sem raça definida.

•Para adotar um pet:
1. Você precisa ser maior de idade;
2. Deve apresentar documento com foto e comprovante de residência;
3. Precisa passar por uma entrevista com a ong, visando avaliar questões como o perfil do adotante (e sua família), a rotina da casa, histórico com outros animais e a segurança.

Ongs parceiras em São Luís: @amadasaoluis @caesegatosderuaslz @amepetsslz

⚠️ Importante:
Os cães e gatos vão pra casa vermifugados, com a primeira dose da vacina e com microchip de identificação gratuitos*. E mais… você pode COMPRAR O ENXOVAL do seu novo pet com 10% de DESCONTO no dia da adoção, na loja do Rio Anil Shopping. 🛒🛍😍

*após a adoção, a responsabilidade de manter a carteirinha de vacinação atualizada passa a ser do adotante.

😷 Observação: Seguimos todos os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias com a utilização obrigatória de máscara e distanciamento seguro entre as pessoas, evitando aglomeração.

Feirinha de Adoção
Sábado, 21 de agosto, a partir das 14h
Cinesystem Rio Anil Shopping

Nesse dia você também poderá assistir ao filme “O poderoso chefinho 2” em uma sessão de cinema especial para pets, as 15h no Cinesystem. Para mais informações: @rioanil 🎟🎥🍿🐾

🐈🐈‍⬛🐕
#terrazoo #feiradeadoção #adoção #adoteumpet #cinepets #cinesystem #rioanilshopping

COMPARTILHE essa ideia! 💚

Terra Zoo, faz parte da natureza, faz parte da sua família!

Leia mais
CãesDestaquesGatos

Pulgas: está cada mais fácil se livrar delas!

caocompulga

Foi-se o tempo em que os cães e gatos tinham de ser polvilhados com talco para ficarem livres das pulgas. Xampus e sabonetes com a mesma finalidade também são coisas do passado. Esses produtos caíram em desuso por conterem substâncias tóxicas, que, ao combater as pulgas, criavam outros problemas. Para substitui-los, surgiram fórmulas que aniquilam as irritantes intrusas sem prejuízos para os animais. Veja, a seguir, algumas das principais armas disponíveis no moderno artesanal antipulgas à venda nos petshops e lojas especializadas em produtos veterinários.

Fipronil

Segundo o laboratório Merial, seu princípio ativo mata a pulga e outros parasitas por hiperexcitação. A versão Plus contém os S-metopreno, um hormônio que barra a eclosão de ovos e o desenvolvimento de larvas. Também combate carrapatos.

Nitenpiram

Este é o nome do princípio ativo de um comprimido fabricado pela Novartis que dizima a pulga adulta. Segundo o laboratório, ele age no sistema nervoso do inseto minutos após a ingestão. De rápida ação, é indicado para alívio imediato, principalmente em casos de animais alérgicos.

Lefenuron

É a principal substância de outro remédio da Novartis, que impede a eclosão dos ovos da pulga e interrompe seu ciclo de vida. Uma nova versão com associação de millbemicina também combate parasitas do intestino e o famigerado verme do coração. Informe-se com o seu veterinário.

Imidacloprida + permetrina

São os princípios ativos de um produto da Bayer, que agem no sistema nervoso da pulga. Basta o contato com a pele do animal para que o inseto absorva a substância, assim como as larvas presentes. Esse medicamento também previne a infecção do verme do coração e carrapatos.

Selamectina

É o princípio do remédio da Pfizer. Atua no controle muscular no inseto, paralisado. E age igual em alguns parasitas intestinais. Além de acabar com as pulgas adultas, também interrompe seu ciclo de vida. Previne ainda o verme do coração, carrapatos, piolhos e sarna.

Infestações por pulgas em cães – Prevenção e tratamento

Fonte: Nexgard Brasil

Benjamin Franklin disse uma vez: “um grama de prevenção vale um quilo de cura”, mas muitos não percebem que isso vale também para infestações por pulgas em nossos cães. Algumas pessoas pensam que existe uma “temporada das pulgas” para começar a combater essas infestações. Outros podem esperar até começar a ver pulgas em seus cães. No entanto, é muito mais difícil tratar as infestações por pulgas do que evitá-las.

Para ser capaz de lidar com pulgas e infestações por pulgas em seu cão, você deve primeiro conhecer algumas noções básicas sobre esses sugadores de sangue astutos.

Lutamos contra pulgas por muitos anos e é provável que continuemos a combatê-las por muitos anos. As pulgas que infestam nossos cães desenvolveram uma maneira muito eficaz de manter seu ciclo de vida. Devido ao pequeno tamanho das pulgas e à sua capacidade de se esconder nos pelos do seu pet, os donos de animais geralmente não percebem as primeiras pulgas que pulam em seus cães. Cada pulga fêmea em um animal infestado pode produzir de 40 a 50 ovos por dia (o que pode resultar em mais de 1.000 ovos em sua vida!) Pense nisso – se o animal tiver uma dúzia de pulgas nele e metade delas são fêmeas – isso pode resultar em 240-300 ovos de pulgas por dia.

Os ovos das pulgas caem dos pelos de um animal infestado para o meio ambiente. Assim, como você deve imaginar, muitos ovos acabam depositados nas áreas mais frequentadas pelo animal infestado. Esses ovos eclodem em larvas semelhantes a vermes, e alguns dias depois entram num estágio de pupa, onde formam casulos. A quantidade de tempo que eles podem permanecer como pupas pode variar – de uma questão de dias a meses, dependendo das condições ambientais. Quando amadurecem, as pupas liberam as pulgas adultas famintas, procurando um hospedeiro para pular e se alimentar.

Este é o ponto em que a maioria dos tutores de animais percebe as “primeiras” pulgas em seus pets. Infelizmente, neste momento, matar as pulgas no cão acabará com apenas uma pequena porcentagem das pulgas presentes. Isto porque, podem haver milhares de pulgas em estágio de desenvolvimento (ovos, larvas e pupas) espalhadas pelo ambiente onde quer que o cão possa ter passado nas últimas semanas. Poderá levar semanas ou meses até que todos esses estágios de desenvolvimento se tornem pulgas adultas que você poderá ver pulando no seu cão.

Para tratar uma infestação existente como essa, pode ser necessária uma combinação de estratégias:

No Pet

  • Trate o seu cão com um produto eficaz no controle de pulgas, que mata rapidamente todas as pulgas que saltam sobre ele.

Controle ambiental

  • Aspiração frequente de tapetes, carpetes e móveis onde o animal infestado passou algum tempo. Isso ajudará a remover algumas das etapas de desenvolvimento das pulgas do ambiente.
  • Lave qualquer roupa de cama ou itens laváveis em que seu cão esteja descansando.
  • Consulte um especialista em controle de pragas sobre o tratamento dentro ou ao redor de sua casa.
  • Limite a exposição do seu cão a pulgas recém-nascidas no ambiente

Felizmente, é fácil evitar infestações de pulgas em seu cão. Como a maioria de nós tem controle sobre onde nossos cães vão, podemos tentar limitar sua exposição a pulgas no ambiente. Também é importante que ajudemos a proteger nossos pets com o controle de pulgas durante todo o ano. NexGard® (afoxolaner) é um tablete macio e com sabor de carne que mata pulgas rapidamente – antes que elas possam colocar seus ovos – por um mês inteiro. Além disso, também mata carrapatos! Os cães adoram o NexGard – facilitando a administração, que não precisa ser feita junto com o alimento.

Na Terra Zoo você encontra uma grande variedade de produtos de última geração para o combate de pulgas, carrapatos e outros parasitas que acometem a saúde do seu cão.

Leia mais
DestaquesGatos

Gatos e banho, uma combinação que requer atenção e cuidados

banho-no-gato-imagem-3-getty-images

Gatos sentem uma desorientação tátil quando têm seus pelos encharcados. Isso acontece, porque felinos têm dois tipos de pelos em seu corpo: um mais rente a pele, que pode ser mais curto (em gatos provenientes de regiões mais quentes) ou mais longo (caso venham de regiões frias); e um outro pelo mais longo, chamado de pelo de guarda, que recobre esse sub pelo ou pelo de recobrimento. A função desse sub pelo é manter a temperatura corporal do animal estável, como um isolante térmico. Quando o animal se molha de forma superficial, como em uma chuva, esse pelo inteiro não se molha, porém em caso de banho, ele é encharcado, retirando o isolamento térmico do animal. Por esse motivo, ao banhar o animal, o tutor deve secar bem a pelagem: primeiro com toalha e depois garantindo que o felino fique exposto ao sol para que seque por completo e recupere, assim, seu isolamento térmico.

Já a maioria das espécies de felinos silvestres (os parentes do nosso gato doméstico), aprecia o contato com a água, sobretudo as que habitam locais como as savanas que, embora sejam secos, possuem cursos de água abundantes. Esses animais entram na água tanto para se refrescar como para caçar bichos aquáticos. Existe até uma espécie chamada de gato-pescador (Prionailurus Viverrinus) que caça quase que exclusivamente animais aquáticos. Contudo, como o gato doméstico é descendente do gato selvagem africado (o Felis lybica), cuja origem é o Norte da África, o Oriente Médio e a Península Arábica – ou seja, locais bastante áridos, onde a água é escassa – ele é um pouco mais resistente para se adaptar ao contato com a água.

Facilite os banhos, acostume o seu gato com a água

Algumas super dicas para ter um felino bem resolvido com a água:

  1. Crie uma rotina: Inclua o contato com a água no dia a dia do animal. Gatos gostam de rotina!!!
  2. Adaptação gradual: A adaptação deve ser gradual, para que o gato aprecie tomar banho e brincar com água. O ideal é começar logo após o primeiro mês de vida do felino. Comece deixando-o em uma bacia sem água, para que brinque. Em seguida, coloque um pouco de água morna molhando somente as patinhas e vá aumentando, de forma gradual, a quantidade.
  3. Água no ambiente: Permita que seu felino entre no box quando você estiver tomando banho, se ele desejar. Não impeça que seu gato brinque com a água por medo dele sujar a casa. Deixe que ele siga sua vontade e interaja com a água corrente, da torneira, do chuveiro, onde ele bem entender.
  4. Banho bom: Ao acostumar o gato com água, atente-se a secar bem o animal após o banho e evite usar produtos com odores fortes. Até produtos químicos presentes na própria água da torneira, como cloro e flúor, podem afastar gatos. Alguns gatos tentem a se esfregar na areia ou na terra logo depois do banho. Isso acontece porque os materiais em pó ajudam a secar os pelos. Assim para evitar esse comportamento, seque o animal com a toalha. Limitar o acesso ao ambiente com terra pode ajudar.

Em quais situações o gato deve tomar banho?

Como o gato faz sua própria higiene, uma grande parte dos tutores não dá banho em seus gatos. No entanto, existem situações em que esse hábito deve ser seguido sim. Confira quais são elas!

  • gatos muito peludos: pets com a pelagem farta e longa, como o persa, o angorá, o ragdool ou mesmo aqueles sem raça definida, mas que têm pelo em abundância, devem sim, de vez em quando, tomar um banho. O motivo principal é que na hora da higienização esses felinos ingerem muito pelo, o que lhes é extremamente prejudicial à saúde — podendo causar a tão temida bola de pelo que pode obstruir o intestino;
  • gatos idosos: muitas vezes os bichanos com mais idade não têm a mesma disposição que os mais novos de se higienizarem. Sendo assim, em algumas situações eles não se mantêm tão limpos como deviam e acabam apresentando bolas de pelo e sujidades, que podem ser removidas por meio de um banho, preferencialmente o seco — visto que este causará menos estresse ao bichano;
  • gatos que dão “voltinhas”: não são aconselháveis as famosas “voltinhas”. No entanto, para alguns tutores, trata-se de uma situação incontrolável, principalmente para aqueles que os criam em casas com acesso à rua. Nesses casos, existem medidas para evitar que eles peguem doenças, como a utilização de alguns produtos, por meio da vermifugação semestral e da vacinação (que deve estar sempre em dia, mesmo para os que se mantêm em apartamentos). O banho nesses animais é imprescindível;
  • gatos doentes: felinos com algumas doenças devem tomar banho sim, principalmente pela debilidade na qual se encontram e os tornam mais fracos para fazerem sua higienização. Contudo, o banho deve ser com todo cuidado, evitando estresse. Muitos optam pelo banho seco para evitar situações de ansiedade e agitação por parte do felino.

Como dar banho em gato?

Confira o passo a passo para dar um banho com menos estresse possível:

  • coloque o gato em um recipiente, preferencialmente uma banheira ou bacia grande. se o bichinho tem aversão à água, mantenha o local vazio;
  • com a ajuda de uma mangueira ou recipiente, vá jogando água morna sobre o felino aos poucos, usar o chuveiro pode assustá-lo, por isso você deve evitá-lo;
  • se seu bichano possui brinquedos dos quais gosta muito, distraia-o com eles. isso pode deixar esse momento mais tranquilo;
  • evite ensaboar muito o gato — principalmente se ele não gosta de água — pois, depois você necessitará de uma quantidade muito grande para enxaguá-lo;
  • aplique o xampu suavemente, como se estivesse acariciando seu felino;
  • não use sabonete no rosto do pet, sob o risco de penetrar nos olhos e causar irritação.
  • por fim, seque seu gatinho suavemente com uma toalha e penteie o pelo, se o gato tiver pelo longo;
  • após todo esse estresse, agrade seu bichano com brincadeiras, mimos e petiscos.

Dicas importantes

Algumas dicas valem a pena serem repassadas aos tutores. Confira:

  • penteie seu gato diariamente, essa medida evitará que ele ingira muito pelo;
  • evite, mesmo que você more em casa, que seu gato saia. Ele poderá ser atropelado, ser envenenado e contrair doenças que não são protegidas pela vacinação, como a esporotricose, que é uma micose causada por um fungo e ele pode contraí-la ao brigar com outros gatos;
  • não dê banho em filhotes com menos de oito meses, até essa fase, se necessitar banhá-los, prefira o seco;
  • leve seu gato semestralmente ao veterinário para ser vermifugado e colocar em dia a vacinação, se for o caso.

Com que frequência você deve dar banho em gatos?

Não é recomendado lavar os felinos com muita frequência, isso pode ocasionar a perda da gordura natural que protege a pele dos bichanos. Banhos que não tenham urgência podem ser dados com intervalos maiores, visto que os gatos, como já mencionamos neste artigo, higienizam-se sozinhos.

Na verdade, existe uma variação entre os banhos, que pode ser de 5 semanas a seis meses. Consulte seu veterinário de confiança para que ele lhe dê as devidas orientações e estabeleça uma periodicidade.

Confira na Terra Zoo, opções de produtos para banho.

Fonte: Docg.

Leia mais
AdoçãoCãesDestaquesEventosGatos

Feirinha de Adoção na Terra Zoo Rio Anil Shopping

WhatsApp Image 2021-08-13 at 11.13.19 (1)

Marca no calendário: dia 14 de agosto teremos Feirinha de Adoção na Terra Zoo do Rio Anil Shopping! 🐶🐱 @rioanil

Cães e gatos ❤️🐕🐈
SRD – sem raça definida.

•Para adotar um pet:
1. Você precisa ser maior de idade;
2. Deve apresentar documento com foto e comprovante de residência;
3. Precisa passar por uma entrevista com a ong, visando avaliar questões como o perfil do adotante (e sua família), a rotina da casa, histórico com outros animais e a segurança.

Ongs parceiras em São Luís: @amadasaoluis @caesegatosderuaslz @amepetsslz

⚠️ Importante:
Os cães e gatos vão pra casa vermifugados, com a primeira dose da vacina e com microchip de identificação gratuitos*. E mais… você pode COMPRAR O ENXOVAL do seu novo pet com 10% de DESCONTO no dia da adoção, na loja do Rio Anil Shopping. 🛒🛍😍

*após a adoção, a responsabilidade de manter a carteirinha de vacinação atualizada passa a ser do adotante.

😷 Observação: Seguimos todos os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias com a utilização obrigatória de máscara e distanciamento seguro entre as pessoas, evitando aglomeração.

Feirinha de Adoção
Dia 14 de agosto, a partir das 14h
Rio Anil Shopping

Adote! 🐶🐱
#terrazoo #feiradeadoção #adoção #adoteumpet

Terra Zoo, faz parte da natureza, faz parte da sua família!

Leia mais
1 2 3 24
Page 1 of 24