Categorias
Aquarismo Destaques

Fridmani: peixinho vivaz e de cor exuberante

Conhecido popularmente como Fridmani ou Orchid Dottyback, o Pseudochromis Fridmani, proporciona um show a parte no aquário. Com comprimento que não passa de 6,5 centímetros, destaca-se pela exuberante cor violeta, corpo afilado, vivacidade e maneira elegante e peculiar de nadar.

Um atrativo adicional desse peixinho é ser amplamente reproduzido em cativeiro no mundo todo, o que evita a necessidade de retirá-lo do mar.

Na natureza

Originário do Mar Vermelho, em seu habitat, o Fridmani se abriga em fendas e buracos de formações rochosas, em regiões de recifes. Vive em profundidades que variam de 1 a 60 metros.

Sustentabilidade

Apesar de ainda serem comercializados, Fridmanis são capturados na natureza, mas há também disponibilidade de exemplares produzidos por criadores, inclusive no Brasil.

Ao buscar um exemplar, portanto converse com o lojista e dê preferência aos provenientes da produção em cativeiro. Além de ser a opção sustentável, essa é também a mais interessante. Além disso, há maior probabilidade de estar isento de agentes causadores de doenças, como vírus, bactérias e protozoários.

Comportamento

Ativo, o Fridmani entra e sai da toca continuamente. Gosta de nadar pelo tanque inteiro, em constante procura por microcrustáceos para se alimentar.

Pacífico com a maioria dos peixes, pode ser agressivo com outros pseudochromis. Para evitar brigas, prefira colocar apenas um Fridmani no aquário pequeno, já que a espécie vive tranquilamente sozinha. Caso queira ter mais de um, capriche nas tocas e esconderijos para facilitar um bom convívio, cada um marcando seu território, há também a possibilidade de procurar formar um casal de Fridmanis colocando juntos exemplares de tamanho diferentes ou adquirindo um par que já esteja junto na loja.

Ambiente

O Fridmani gosta de rochas para se abrigar e de ambiente bem iluminado. É assim o habitat da espécie na natureza. Ele tolera temperatura de 22 a 28 graus de densidade da água de 1021 a 1026. Adapta-se aos mais diversos fluxos de água – não há, portanto, preferência quanto a circulação. O tamanho mínimo do aquário para até dois Fridmanis é de 80 litros.

Dieta

Em ambiente natural, o Fridmani é carnívoro. Alimenta-se de microcrustáceos, como vermes de cerda e outros pequenos animais que caibam em sua boca. Já nos sistemas fechados, todo peixe marinho precisa de dietas variadas. Utilizam-se diferentes marcas de rações de boa qualidade. No caso do Fridmani, precisam ser especificas para peixes marinhos pequenos.

A escolha

Ao selecionar qualquer peixe não se esqueça de verificar a limpeza do aquário onde ele está, bem como dos demais aquários a ele interligados. A saúde dos peixes depende muito da higiene mantida na bateria de aquários.

Procure um peixe saudável e que tenha todos os colegas da bateria de aquário também saudáveis. A cor do peixe deverá estar vibrante. Verifique se o Fridmani vem comer imediatamente: peça ao vendedor para alimentá-lo na sua frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.