close
unnamed

É sempre muito importante que o pet se sinta seguro e confiante ao lado do tutor. Ajuda se o tutor carregar consigo, durante os passeios, uma porção de petisco ou um brinquedo que o animal goste. Quando o pet empacar, abaixe-se e o chame com uma voz suave ou alegre. Sempre respeite os limites do seu animal de estimação. Jamais arraste seu cão! Essa atitude pode machucá-lo ou traumatizá-lo, principalmente se o motivo da parada for medo.

Adapte o tempo do passeio: inicie o passeio com caminhadas de menor duração e em horários em que o clima esteja ameno. Aumente o tempo do passeio de forma gradual, até entender qual é o tempo ideal de atividade para o cão, pois a caminhada do pet deve ser uma atividade física consistente, agradável e positiva, sem deixá-lo exausto.

Avalie o ambiente: Veja se há ruído excessivo e incômodo no local em que vocês forem passear, pois isso pode assustar o seu cão e fazer com que ele associe o momento com algo desconfortável.

Carregue brinquedos: Se o seu cão é do tipo brincalhão, torne o passeio legal e divertido: leve brinquedos e vá fazendo pequenas pausas interagindo com ele com uma bolinha, por exemplo, ou outro brinquedo da preferência dele.

Ofereça petiscos: Durante o passeio, ofereça um petisco, faça um carinho e elogie o cão enquanto ele estiver andando, o estimulando a seguir você.

Nunca dê broncas: Se o cão empacar, evite pegá-lo no colo, com exceção, é claro, se ele estiver correndo algum risco.

Permaneça tranquilo: Não tem como ensinar o seu cão a relaxar durante o passeio se você estiver agitado, nervoso e tensionando a guia. Quanto mais tranquilo você estiver, mais relaxado o seu cão estará, então, treine o passeio dentro de casa desde cedo para você também aprender a agir com tranquilidade, liderança e mostrando para que está tudo bem.

Respeite o ritmo do animal: O passeio do cão é um momento dele! Não há necessidade de imprimir ritmo e velocidade na caminhada. Não há necessidade de fazer seu pet se cansar! Permita que ele cheire tudo – aliás, essa é uma ótima maneira de promover estímulo mental.

Busque um adestrador: O adestramento, nesses casos, é essencial, pois ajuda o tutor a identificar os limites e também a entender por qual razão o cão empaca, pois cada caso é um caso. Além disso, o adestramento auxiliará o tutor a desenvolver uma comunicação mais clara e efetiva com seu animal, aumentando o grau de confiança entre ambos, tornando o relacionamento deles ainda melhor e, consequentemente, fazendo com que o passeio seja relaxante e prazeroso para os dois.

Tags : adestramentocachorroscãespasseiopet
Terra Zoo

Sobre o autor Terra Zoo

Deixe uma resposta