Categorias
Curiosidades

Flower Horn, é um peixe que adora brincar e receber carinho.

Ter um Flower Horn é como ter um cão debaixo d’água, diz Raimundo Ewerton Filho, Gerente de Aquarismo da Terra Zoo.
E um peixe muito esperto e brincalhão, costuma comer na mão do dono e adora acompanhar o movimento das suas mãos, o que o torna um excelente pet fish.

flowerhorn
O Flowerhorn é uma espécie híbrida, criada em cativeiro. Resultado da reprodução entre vários Ciclídeos Americanos diferentes, acredita-se que seja fruto do cruzamento entre A. citrinellus x C. trimaculatum x A. labiatum x C. festae x C. synspila x Papagaio (A. citrinellus x C. synspila). Dessa forma possui características muito similares aos Ciclídeos do gênero Amphilophus e Cichlasoma dos quais descende.
É um peixe que foi desenvolvido na Malásia, onde foram geradas quatro cepas da espécie: ZZ’s (Zhen Zhu), Kamfa, Golden Monkey e Golden Base. Com os cruzamentos entre essas linhagens para melhorar a qualidade da espécie, hoje em dia já se conhece outras variantes, como o Flowerhorn Thai Silk, o King Kamfa.

Dicas!

– Em São Luis pode ser encontrado para compra na Terra Zoo. A loja também dispõe do alimento adequado para ele!!!

– O tamanho máximo que o Flower pode atingir é de até uns 35cm, por isso o ideal é que quanto maior o aquário melhor. Recomenda-se um aquário de 100 lts em diante, sendo o mais indicado um aquário de 300 lts.

–  O sistema de filtragem, como para qualquer peixe jumbo, também tem que ser jumbo. O ideal é uma filtragem de 8x a 10x o volume do aquário. Com excelentes mídias, em especial as de filtragem biológica.

– A manutenção deve ser mais intensa, pois são peixes mais sensíveis com a variação dos parâmetros. Fornecendo a seu peixe alta qualidade de água e de cuidados, pode ter certeza que ele mostrará seu verdadeiro potencial e retribuirá com uma coloração exuberante e uma interação com o ambiente e com o dono incríveis!

– Por se tratar de uma espécie híbrida e desenvolvida em cativeiro é muito suscetível a doenças, em especial a parasitas intestinais. O ideal e recomendável é que seja alimentado apenas com ração, sempre de qualidade, encontrada na Terrazoo. Alimentar com alimentos vivos, filé de peixe, camarão ou patês caseiros são permitidos com a condição de que seu Flowerhorn seja vermifugado constantemente, eu recomendo vermifugar a cada duas semanas inserindo metade de um comprimido de Mebendazol Vermífugo ( sim, remédio para humanos) a cada duas semanas.

– Os tankmates desse peixe e sua inserção em comunitários de jumbos devem ser feita com cuidado, uma vez que como qualquer Ciclídeo é, e talvez até mais, agressivo, sobretudo se criado como pet fish.

– O painel de fundo do aquário influencia muito em cada indivíduo, tanto na cor quanto no comportamento. Alguns proprietários de Flowerhorn se utilizam de painéis de fundo coloridos para estimular o tom vibrante de suas cores, outros usam o painel de fundo preto… Não importa qual das combinações citadas você use, o importante é lembrar que cada exemplar é um ser único e com características próprias.

– É interessante colocar de vez em quando um espelho pendurado debaixo d’água para estimular seu peixe, ou então criar os Flower em divisórias, para que eles se estimulem um com o outro. Se trata de um exercício saudável para seu peixe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.