Categorias
Cães Pets

Border Collie – A raça mais inteligente do mundo

Tão esperta que os border collies sequer competem com outros cães em testes de QI canino. As outras raças ficam tão aquém no escore que precisam de competições separadas para não passar vergonha. Mas não é bom levar tenta inteligência para dentro de casa. Os border collies não são cães domésticos. Treinadores dizem que eles são capazes de levar o dono á loucura quando estão confinados. Estão sempre atrás de alguma coisa, até de sombras, e possuem tanta energia que não há atividade indoor capaz de satisfazê-los. Com instinto de pastor, são exímios companheiros para tarefas no campo e são tão facilmente treináveis que viraram referências em busca e resgate de pessoas em locais de difícil acesso. Têm a habilidade de controlar seus passos e rastejar para atacar a vítima de surpresa.

 

Origem e história da raça

 

O Border Collie é o resultado de mais de um século de criação para a função de pastor de ovelhas. Nos anos de 1800, existia uma variedade de cães pastores de ovelhas na Grã-Bretanha. Alguns eram cães de resgate, com uma tendência inata para cercar o rebanho e trazê-lo de volta para o pastor. A maioria dos cães era barulhenta, que costumavam mordiscar e latir durante o trabalho. O orgulho pela superioridade de certos cães era normal. Em 1873, aconteceu o primeiro campeonato de cães pastores de ovelhas a fim de resolver algumas dessas questões. Esse concurso iria levar indiretamente aos primeiros collies, a partir de um cachorro chamado Hemp, que se destacou tanto que gerou um grande número de descendentes. Ele conduzia o rebanho não com latidos e mordidas, mas parando tranquilamente em frente à ovelha, e a intimidando. Hemp é considerado o pai do Border Collie. Em 1906, o primeiro padrão foi estabelecido, mas ao contrário dos padrões físicos da maioria das raças, esse se baseava em habilidades para o trabalho, sem relação com a aparência física. Essa tem sido a referência que padronizou a raça desde então. Na verdade, os cães eram chamados simplesmente de Sheepdogs (pastores de ovelhas). Apenas em 1915 foi registrado o nome Border Collie, uma referência à sua origem nas fronteiras inglesas e escocesas. O Border Collie chegou à América e imediatamente encantou os criadores de ovelhas com seu trabalho rápido e sua capacidade de obediência. Na verdade, essa última qualidade abriu as portas para a raça como uma das mais competitivas em campeonatos de obediência. Depois de trabalhar muito para ganhar fama como uma das raças mais inteligentes, e não por valores estéticos, muitos criadores de Border Collie lutaram por seu reconhecimento pelo AKC como um cão de exposição. Em 1995, o AKC reconheceu a raça e ela entrou para o círculo das exposições.

 

image006

 

Temperamento do Border Collie

 

O Border Collie é um pacote de energia física e mental só esperando para se soltar no mundo. É uma das raças mais inteligentes e obedientes. Se puderem fazer exercícios suficientes, ele é um companheiro fiel e leal. Ele se concentra em tudo que faz e costuma encarar, o que costuma irritar outros animais. Ele também gosta de caçar outros animais. Ele é desconfiado e protetor em relação a estranhos.

Classificação superior: Cachorro

Expectativa de vida: de 13 a 16 anos

Cores: Preto, Vermelho-merle, Dourado, Branco, Azul, Sable Merle, Vermelho, Chocolate, Tigrado, Lilás, Sable, Fígado, Azul merle

Personalidade: Alerta, Energético, Persistente, Responsivo, Inteligente

Altura: Macho: 48–56 cm, Feminino: 46–53 cm

Peso: Macho: 14–20 kg, Feminino: 12–19 kg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.