close
AquarismoDestaques

Alimentação de qualidade: peixes mais saudáveis e cores mais vivas

1- PEIXES COLORIDOS

Para que os peixes do seu aquário tenham saúde e cores intensas, é preciso que recebam uma boa alimentação. Para tal, existem rações extrusadas premium, em grãos para peixes de água doce ou salgada. Estes alimentos contêm na sua formula ingredientes de alta qualidade, com elevado valor nutricional, mesclados rapidamente em alta temperatura e pressão. As vantagens do método são diversas. A começar pela preservação do valor nutricional dos ingredientes e pela maior palatabilidade e presença de aromas. Outro benefício é a estabilidade dos grãos, ou seja, eles preservam a forma na água e não a turvam, já que os componentes não se espalham. Consegue-se, ainda, regular a densidade dos grãos, o que possibilita controlar sua flutuabilidade e facilitar a ingestão em diferentes níveis da coluna d´água, de acordo com a preferência de cada espécie.

Ingredientes

Nas rações premium podem ser encontrados insumos de qualidade, variando conforme o fabricante e fatores como época do ano. Mencionamos algumas possibilidades.

Crustáceos Calanus ou Krill: com nomes científicos Calanus finmarchicus e Euphausiacea (grupo que contém várias espécies de Krill), esses crustáceos são grandes fontes de astaxantina, poderoso antioxidante e pigmento natural vermelho a astaxantina intensifica as cores vermelha, laranja e amarela nos peixes e, em combinação com proteínas se tornam carotenoproteínas , responsáveis pela formação das outras cores, como azul e verde. Além disso, a astaxantina contém ômega 3,6 e 9, gorduras importantes por sua ação anti-inflamatória e protetora da função cardiovascular.

Larvas e insetos: especialmente ricas em proteínas de alta qualidade, proporcionam fácil assimilação. São também ricas em fibras (quitina) e micronutrientes minerais como ferro, magnésio, manganês, cobre, zinco e outros.

Alho: bastante aplicado na aquicultura ornamental, contém alicina, substância estimulante da digestão, o que facilita a absorção de nutrientes.

Pimentão vermelho: é rico em Vitamina C e licopeno, um carotenoide com alta capacidade antioxidante. Assim como a astaxantina, contribuiu para a coloração vermelha, laranja e amarela dos peixes.

Algas: as que mais entram nas formulações são a Spirulina platensis, a Ascophyllum nodosum, a Laminaria digitata e a chlorella vulgaris, fontes de minerais aminoácidos, carotenoides, especialmente de clorofila (entre elas, a Spirulina é a mais usada). As algas limitam o desenvolvimento das bactérias indesejadas no trato digestivo, o que evita inflamações.

Avanços

A tecnologia segue evoluindo na busca por alternativas nutricionais de alto padrão. Um exemplo é o dos crustáceos in natura passam por processo de liofilização, ou seja, são congelados a até -50ºC em câmara de vácuo. Esse procedimento retira a água dos crustáceos pela sublimação do gelo, preservando e concentrando os nutrientes. A textura e densidade típicas do estado natural retornam no momento do consumo, com a hidratação obtida, em contato com a água do aquário.

Complementos

Quando se serve ração premium aos peixes não há necessidade de oferecer alimentos complementares. Mais reforços podem ser bons estímulos para a reprodução e para fortalecer animais em crescimento, em fase de recuperação de doença ou em recentemente introduzidos no ambiente. A variedade na dieta valoriza a saúde e a aparência, podendo ser proporcionada também na forma de mimos.

Tags : aquarismopeixe
Terra Zoo

Sobre o autor Terra Zoo

Deixe uma resposta