Categorias
Cães Destaques Pets

Saiba mais sobre buldogue francês

As origens do buldogue francês permanecem incertas. Segundo o cinónogo, N.M.Martin, esta seria uma raça francesa obtida por cruzamentos, empregando cães duma variedade pouco conhecida, mas frequente em alguns subúrbios de Paris, e reprodutores importados da Bélgica. Através duma seleção cuidadosa teriam sido obtidos, com o correr do tempo, exemplares que permitiram fixar a raça.

O buldogue francês não seria mais que uma raça antiga, originária da França, embora somente desde há um século exista na sua forma atual. Durante o século passado não havia carregador, cocheiro ou açougueiro dos bairros de Paris que não possuísse o seu “dogue”. Nas “places de combat”, o passatempo preferido dessa gente consistia em fazê-los combater em sangrentos torneios.

Segundo vários autores ingleses, pelo contrário, o buldogue francês descenderia do buldogue inglês, a típica raça britânica. Esta hipótese, que também explicaria o porquê do termo “bouledogue”, que adapta ao francês o nome buldogue, enuncia-se deste modo: nas ninhadas inglesas do buldogue, seguidamente apareciam exemplares perfeitamente dentro do padrão, mas de dimensões muitíssimo reduzidas e peso muito leve (entre 9 e 11 quilos), chamamos “miniatura” e que constituíram uma variedade à parte. Estes buldogue pequenos foram exportados, principalmente para a Normandia.

Ali, com fins utilitários, haveriam iniciado uma criação especializada, tendente a obter uma raça que conservasse as características do buldogue e possuísse, além disso, as qualidades específicas dos “raitiers” ou cães de ratos, graças à intervenção de sangue terrier.

Tron, grande criador de buldogues ingleses e destacado estudioso da raça, discorda dos franceses e sustenta a teoria inglesa, isto é, que o pequeno buldogue não é autóctone da França, mas uma derivação do bull “miniatura” com a colaboração de várias raças, que teria permitido substancias modificações físicas e também psíquicas que diferenciam notavelmente ambos os tipos.

Temperamento do Buldogue Francês

O temperamento do Buldogue Francês também confere um tom especial à raça, são cães normalmente alegres, companheiros, brincalhões e muito inteligentes. Como todas as raças de companhia, eles necessitam, acima de tudo, de contato constante com humanos. Suas necessidades de exercícios são mínimas e variam de cão para cão. Eles têm picos de energia durante o dia, mas em geral são cães tranquilos.

Sendo uma raça braquicefálica, é essencial que seus futuros donos entendam que Buldogues Franceses não devem viver fora de casa. Seu sistema de respiração, comprometido não os permitem regular suas temperaturas eficientemente. Além do mais, os Buldogues Franceses são bem pesados e podem ter dificuldade em nadar. Sempre cuidado quando exercitar seu Buldogue Francês no calor. O nível de energia de um Buldogue Francês pode variar de hiperativo e energético até a relaxado e calmo.

Nome científico: Canis lupus familiaris

Expectativa de vida: de 10 a 12 anos

Personalidade: Vivaz, Brincalhão, Atlético, Alerta, Fácil de lidar, Esperto, Paciente, Afetuoso, Sociável

Cores: Branco, Tigrado e Branco, Fulvo, Tigrado, Creme, bronzeado, Tigrado Escuro

Origem: França, Inglaterra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.