Categorias
Cães Destaques

Como prevenir cálculo urinário em cães

Alguns cães têm predisposição genética para desenvolver a doença. A seguir, as principais causas da formação de cálculos renais em cães, e algumas dicas para evitar que seu cão sofra com cálculo renal:

  • Hidratação diária: Sempre disponibilize água fresca em abundância para o seu cão.
  • Alimento ideal: Alimente seu cão com rações indicadas pelo seu veterinário. Rações de má qualidade não são balanceadas, podendo ocasionar o surgimento do cálculo.
  • Passeios diários: Leve seu cão para passear mais vezes ao dia (pelo menos três passeios diários), para que ele possa fazer xixi mais vezes. É essencial que ele tenha um local de fazer xixi dentro de casa. Caso seu cão seja daqueles que só fazem xixi fora de casa, existem treinos simples que o ensinam a usar tapetes higiênicos.
  • Visita ao veterinário: Consultas de rotina feitas ao menos três vezes por ano evitam que processos infecciosos e inflamatórios no trato geniturinário passem despercebidos.
  • Rações terapêuticas: Estas rações devem ser receitados pelo médico-veterinário. Alimentar o cão com estas rações sem um diagnóstico correto pode piorar a situação do animal.
  • Sinais de alerta: Ao menor sinal de problema urinário procure um veterinário. Sintomas como disúria (dificuldade em urinar), dor ao urinar, gotas de xixi pingando pela casa, odor forte na urina, visualização de grãos de areia ou sangue na urina, indicam que há algo de errado. Por isso é muito importante conhecer a rotina do seu animal.
  • Exames frequentes: Exames de urina (EAS) em cão saudável pelo menos a cada 4 meses, entre outros exames preventivos, ajudam a descobrir a doença no início.
  • Olhar de especialista: Caso seu cão seja um paciente com doença renal ou urinaria, procure um nefrologista ou urologista para uma avaliação mais detalhada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.