close
fraturas-e-traumas-em-ces-e-gatos-3

Em caso de fratura é preciso ter muito cuidado com o pet. Lembre-se que fraturas causam dor e um incomodo muito grande. Portanto, cuidado para o pet não lhe morder. Para imobilizá-lo, segure-o pelo pescoço para que ele não morda. Pegue uma corda, barbante ou cadarço, enrole o focinho dele e amarre atrás da cabeça. Uma focinheira também pode ser usada.

Não tente colocar os ossos no lugar. Ele vai se estressar e sentir dor com a sua tentativa. Leve-o o mais rápido possível ao atendimento hospitalar veterinário. Lá ele poderá ser submetido a ultrassom, raios-X e tomografia, que apontarão se houve uma lesão mais grave, exigindo cirurgia. Mas os exames só serão realizados após a estabilização do animal.

Não deixe o animal lamber o ferimento, se houver. Em caso de sangramento, pressione uma toalha ou pano limpo no ponto da fratura para estancar o sangue. Tente manter o membro esticado com sua mão por baixo, o que diminui a instabilidade dos fragmentos ósseos e evita que o acidente se torne ainda mais grave.

Evite mexer demais no animal. Evite girar seu pescoço e sua coluna. Para transportar o animal, arraste cuidadosamente uma tábua para debaixo do pet e empurre-o devagar para cima dela, evitando manipulá-lo demais. Tente não deitá-lo sobre o membro fraturado.

Se o problema for uma pata, envolva-a com uma toalha e fixe-a com fita crepe, mantendo o membro esticado e evitando movê-lo. Faça isso antes de levar o pet ao hospital veterinário.

Tags : cachorrocachorroscãescuidadoscuriosidadedicadicasfraturagato
Terra Zoo

Sobre o autor Terra Zoo

Deixe uma resposta