close
Aves

Canário-belga: Exóticos e coloridos

canario belga 07

Com belas cores e talento para cantar, o passarinho pode ser uma interessante terapia.

canario belga 09

Domesticado em cativeiro há mais de 500 anos, o Canário Belga (Serinus canaria) é um dos pássaros mais populares do mundo e o principal animal de estimação de muitos lares brasileiros. A espécie possui mais de 400 diferentes misturas de cores e de tonalidades, mas a mais conhecida e uma das preferidas é o canário amarelo. Desde a metade do século XVI o canário era muito famoso e apreciado, especialmente pela sua plumagem colorida e pelo seu belo canto.

canario belga 07
Há alguns fatos curiosos sobre a origem e o desenvolvimento destes pássaros. O Canário Belga, como o próprio nome já diz, é originário da Bélgica, e seus antepassados vieram das ilhas Canárias, Açores e Madeira. Essas ilhas encontram-se aproximadamente na mesma latitude que o estado americano da Flórida, consequentemente os canários são originalmente pássaros tropicais. Em 1478, quando os Espanhóis conquistaram as ilhas Canárias, descobriram no canário, excepcionais qualidades como a sua docilidade; adaptação ao cativeiro e seu belo canto e o importaram pela primeira vez para a Europa. Por mais de 100 anos, até o século 16, os espanhóis mantiveram o controle dessas pequenas aves, vendendo apenas os machos para outros países europeus. Parece que devido a um acidente durante o transporte, uma grande carga de Canário Belga escapou e voou para a ilha de Elba, ao oeste da Itália. Em pouco tempo eles passaram a ser criados e foram vendidos para toda a Europa, especialmente na Alemanha e Inglaterra, dando origem a diferentes raças de canário que foram desenvolvidas. No início do século 18, descobriu-se que já existiam mais de 25 espécies de canários, incluindo-se grande parte das variedades populares hoje conhecidas.

canario belga 06
Pertencente à família dos Fringilídeos, o canário-belga não dá trabalho. Exige pouco espaço, e sua criação pode ser mantida na cidade ou em áreas rurais, servindo até como terapia para algumas pessoas. Entretanto, como é pequeno e frágil, demanda cuidados no manejo. Quando em grupo, os pássaros podem ser acomodados em viveiros; casais podem ficar em gaiolas separadas. As gaiolas mais recomendadas são as de arame galvanizado, que podem ser encontradas facilmente em grande variedade de formatos e cores na Terra Zoo.

canario belga 05
Apesar de vulneráveis a doenças respiratórias, os canários logo se curam se prontamente tratados a tempo com medicamentos adequados, à venda na Terra Zoo. Mas é preciso separar o pássaro doente, no caso de enfermidades mais prolongadas. É recomendável manter limpo o local de criação e fora do alcance do sol e do vento. Para evitar acúmulo de sujeira e falta de ventilação, mantenha a posição da gaiola a dois centímetros da parede.

canario belga 04
O Canario Belga é ativo, alegre, bonito e tem um canto deliciosamente agradável, sempre melodioso e pacífico, ideal para tirar o estresse no final de dia um dia agitado. Coloridos e de personalidades agradáveis é um animal de origem estrangeira, a criação não precisa de autorização do Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis. O Belga geralmente mede entre 12cm a 20cm de comprimento. Sua plumagem é muito brilhante, e têm diversos tons baseados no amarelo, amarelo-esverdeado, verde, tons de laranja e de vermelho. O tempo de vida de um Canário varia um pouco de ave para ave, sendo que na média, uma Canária Fêmea irá viver entre 5 a 6 anos e um canário macho, chegará até os 10 anos, embora tenha relatos de Canários Belga que viveram até 20 anos.

Canario belga 03
Os seus encantos na aparência e temperamento fazem com que estes também sejam verdadeiros pássaros de estimação. Exóticos ou pouco extravagantes, é uma das aves mais populares no mundo pela facilidade de criar em cativeiro, têm um caráter muito dócil e encanta com sua grande diversidade de cores, seu porte e seu canto afinado e melodioso, que é uma verdadeira terapia para os amantes dessa ave.

Canario Belga 01

Canto

Algumas coisas estimulam o Canário macho a cantar. Uma delas é o barulho de água corrente. Sabe-se que alguns começam a cantar ao ouvirem a água escorrendo da torneira. Criadores confirmam que a espécie adora qualquer barulho de água. Essa atração ocorre porque o Canário doméstico descende da família seus ninhos à beira d’água. Os Canários de Canto também pode ser estimulados a cantar sempre que ouvirem música. Eles também apreciam observar o movimento de pessoas pela casa, o que os faz pular alegres na gaiola e cantar sem parar. Ele também pode deixar de cantar quando observa uma fêmea. Como ele a esta vendo, não precisa cantar para atrair sua atenção. As fêmeas não cantam.

Alimentação

Para a alimentação diária do pássaro não existem segredos, uma boa mistura de sementes, água limpa e uma verdura ou legume 3 vezes por semana darão conta do recado. Quando os Canários estiverem na época de muda de penas ou de reprodução a alimentação deverá ser reforçada, para isto é indispensável fornecer uma boa farinhada a base de ovo cozido, verduras como couve, almeirão, mostarda, legumes como pepino e jiló, além de frutas como a maçã. Estes alimentos irão fornecer ao canário todas a vitaminas e minerais necessários para que eles possam ter uma boa qualidade de vida, além de ser um dos requisitos para ter sucesso na época de reprodução. Na Terra Zoo você encontrará aves desta espécie, e alimentos, para que elas tenham uma vida saudável.

Higiene

Coloque diariamente uma banheira com água na gaiola, mesmo no inverno. Cuidado com as correntes de ar, pois o Canário Belga pode facilmente pegar doenças no pulmão e morrer. O banho é importante para mantê-lo limpo, já que pode adoecer devido à falta de higiene, especialmente com relação aos pés. Lave semanalmente a gaiola e os acessórios, principalmente os poleiros, enxaguando bem para não deixar resíduos.

Na hora de escolher

Prefira os pássaros saltitantes, que não demonstrem medo, que tenham olhos vivos e brilhantes; penas, bico e pés limpos e plumagem sem falhas, bem compacta no corpo e sem penas arrepiadas. Para escolher um macho, peça ao criador para assoprar as penas na região genital – no macho há um espigão pontudo e na fêmea ele é chato e liso.

Categorias

São divididos em: Canários de Cor, Canários de Porte e Canários de Canto, e são diferentes do Canário-da-Terra, que é de uma espécie diferente, nativa da América do Sul.

Tags : avescanário
julio

Sobre o autor julio

Deixe uma resposta